sexta-feira, 6 de abril de 2012

Desnudando-me.

Hey! Hoje sinto-me frágil. Vulnerável. Às vezes, deixo de lado tudo aquilo que "deve" ser feito e, apenas me sento e sonho. Me deixo levar por devaneios, desejos profundos sobre coisas que eu gostaria de fazer e viver. Fico me perguntando onde está a tal coisa que, parece-me, que todos possuem e que faz com que realizem tudo o que desejam, que obtenham o sucesso esperado em seus projetos, que faz com que vão onde querem, mas que eu não possuo, talvez por ainda não ter descoberto onde procurar. Sinto-me estranha por sentir-me assim... Sonho sobre os lugares onde eu quero ir, pessoas que nem consigo imaginar um só traço do rosto, mas quero conhecer, conversas que quero ter, amigos que quero rever e fazer. Como chegar lá? Onde encontrar essas pessoas? Como estabeler essas conversas? Palavras bobas ou profundas, sentada à mesa da cozinha, sentindo um cheiro de bolo que eu nunca levo ao forno. Risadas escandalosas e sinceras sobre algo que nem sei dizer agora. Nenhuma conversa, apenas olhos nos olhos... Eu quero tantas coisas!!! Quero apenas ficar em casa enquanto, ao mesmo tempo, quero dar a volta ao mundo; Quero cantar, enquanto me comunico com alguém, que nunca foi capaz de pronunciar uma só palavra; Quero escrever um livro, enquanto mal consigo teminar de ler um; Quero pintar; Quero dançar; Quero voar de asa-delta, enquanto sofro por medo de altura; Quero ter uma tribo e não pertencer a nenhuma. Quero fazer a diferença de alguma forma. Fazer parte de algo realmente grande e bom. Quero que o mundo perceba a minha presença e que se seja grato à ela. Não, eu não quero ser Deus. É demais para minha cansada cabeça. Quero apenas dar a minha contribuição para o mundo. Mas daí, penso que tudo isso é loucura surreal, ao mesmo tempo em que creio piamente, que é possível. Então, se é possível, por que não sigo em frente? Medo? Falta de fé? Estaria eu trabalhando muito pouco? Em meu coração, sinto que eu também sou capaz de fazer tudo isso que vejo os outros fazendo. Eu sei que sou! Os invejo um pouquinho. Desejo, por um breve instante, poder trocar de lugar, pela sensação do realizar. Depois, tudo isso pára! Me sento comigo mesma e me parabenizo pelas coisas que já fiz, e por ainda ter viva em mim, a vontade de nunca parar. Me encorajo, me fortaleço, brindo à mim! Torno a pensar em como posso alcançar e tocar todo o meu potencial, todo o meu talento, toda minha capacidade, toda minha força... Posso sentir que não estou só nessa paralisia, mas onde estão os meus iguais? Serão eles capazes de se abrirem assim, como eu agora? Terão eles a corajem de desnudarem-se? Bem, acompanhada ou só, eu sei que devo apenas continuar "começando" todas as coisas que eu desejar, ainda que eu não saiba como. Como não importa! Rockiss!!! Eu sou uma Rockstar! 18:25

Contato Animal: Manifestação Permanente contra a Farra do Boi em S...

Contato Animal: Manifestação Permanente contra a Farra do Boi em S...: Apesar de declarada ilegal, a chamada Farra do Boi este ano, em Santa Catarina assumiu, mais uma vez, proporções de terror inimaginável, s...

"Eu sou uma Rockstar CONSCIENTE!!!" Isto, definitivamente, não é justo.
Rockiss!!!